O Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação de Vilarelho, nasceu com o esforço e dinamismo do Pároco da freguesia, Padre David Fernandes, assim como do apoio da comunidade paroquial.

Entrou em funcionamento a 3 de Abril de 1994, tendo a sua sede sido benzida pelo Excelentíssimo e Reverendíssimo Bispo da Diocese de Viana do Castelo, Senhor D. Armindo Lopes Coelho, em 2 de Setembro de 1996.

Inicialmente com três funcionárias a apoiar sete utentes em Centro de Dia, a Instituição tem ao longo do tempo expandido a sua área de atividade, cobrindo atualmente uma área geográfica que engloba as seguintes freguesias: União das Freguesias de Vilarelho/Caminha, União das Freguesias de Venade/Azevedo, Vilar de Mouros, Argela, Dem, Seixas e Lanhelas. Para isso conta com apoio logístico de seis viaturas e vinte funcionárias, que apoiam cerca de meia centena de utentes nas suas residências e trinta em Centro de Dia.

Numa época em que crescem as necessidades sociais e diminuem os apoios públicos, o Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação de Vilarelho está no terreno para auxiliar as pessoas em situação de vulnerabilidade, sobretudo os mais idosos que são indubitavelmente os mais fragilizados.

O Estado Social, do qual somos parte integrante, não dispõe dos recursos financeiros necessários, pelo que não pode estar semi-isolado num campo que é absoluta prioridade dar apoio aos Idosos.

Ao Estado Social compete ainda a reconstrução de um modelo social, fundamentado de que as melhores soluções se devem procurar, tendo sempre em conta o perfil da região e dos seus habitantes, assente em soluções flexíveis e não em modelos estanques que lhe são impostos. As atuais políticas sociais têm revelado algumas insuficiências face às novas realidades, decorrentes das profundas mutações económicas e tecnológicas que caracterizam a actual sociedade, agravadas pelo envelhecimento das populações, pelo que urge repensar os apoios às IPSS, pois são estas são peças nucleares do sistema actual, operando verdadeiros milagres.

Hoje, no terreno, trabalhamos com entusiasmo e consciência do valor do nosso contributo. Sabemos das nossas dificuldades, mas é nos períodos difíceis que se vê o esplendor da nossa missão.

Contas do Exercício de 2018

Contas do Exercício de 2017

258 921 413
paroquia.caminha@sapo.pt
 
Últimas Notícias
Calendário
Jan0 Posts
Fev0 Posts
Mar0 Posts
Abr0 Posts
Mai0 Posts
Jul0 Posts
Set0 Posts
Out0 Posts
Nov0 Posts
Dez0 Posts
Jan0 Posts
Fev0 Posts
Mar0 Posts
Abr0 Posts
Mai0 Posts
Jun0 Posts
Jul0 Posts
Set0 Posts
Out0 Posts
Nov0 Posts
Dez0 Posts

facebook